Prefeitura de Bacabal realizará Baile Carnavalesco para Idosos

Assistencia Social organizará a festa

SEMUC Reune com parceiros e planeja ações para o carnaval 2017

DE NOVO, CARNAVAL DO POVO

Alegria continua de Novo no Carnaval do Povo

Prefeitura realiza carnaval para todos

Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Alegria continua de Novo no Carnaval do Povo


Para desespero das aves de rapina de plantão e dos foliões que não ousam tirar a máscara, o Carnaval de Bacabal promovido pela Prefeitura através de secretaria de cultura e uma serie de parceiros, continua um Sucesso agradando a gregos e troianos na terra da Bacaba. Com uma organização jamais vista na história cultural da cidade, o evento conta com a aproximadamente mais de 300 pessoas envolvidas entre gestores, empresários, vendedores, policias, seguranças particulares, bombeiros , brigadistas, artistas e produtores culturais.
Tony Guerra Sacode Bacabal

Uma dos fatores que  chama a atenção do povo é a organização, marca história da gestão José Vieira que traçou estratégias fundamentais para a execução do projeto. Com o Slang De Novo, Carnaval do povo , faz menção à volta da ordem e do respeito a todos, por isso todas as noites milhares de pessoas vão ao centro cultural e não há registro de casos graves de violência, a não ser pequenas ocorrências motivadas pelo excesso da embriagues.
Jornalista José Raimundo e Paulo Campos secretário de Cultura

CULTURA NOS BAIRROS

Abrindo mão de projetos pessoais para o período carnavalesco, os músicos da Banda Santa Cecília vestem a camisa do projeto e estão indo as comunidades e Praças levando o tradicional carnaval de marchinhas e sambas populares.

Recebidos com festas nas comunidades Setúbal, Cohab, Madre Rosa , Santos Dumont, Terra do Sol e vários pontos do centro da cidade A Banda Santa Cecília se consagra definitivamente como Patrimônio Imaterial da Cultura Bacabalense. Os jovens dos bairros redescobrem um estilo novo de brincar carnaval através das Machinhas tocadas pela banda, e estimulam a auto estima de seus pais e avós ao faze reviver os antigos carnavais.


Carnaval da Criançada!

Parafraseando a sabedoria popular que diz que “Casa que não tem crianças, não tem alegria” afirmamos; “Carnaval que não tem Criança, não tem fantasia” e para garantir os diretos cultuais de crianças e adolescentes, a Prefeiturade Bacabal dedicou parte da programação ao grande baile da criançada, que acompanhadas por seus pais ou responsáveis puderam curtir os principais personagens domundo Kids em show histórico em Bacabal.

O Secretário de Cultura afirmou que “ estamos realizando um carnaval de todos, essa a determinação do Prefeito José Vieira e do vice Florêncio Neto, toda equipe da cultura e dos parceiros estão empenhados no realizar um grande carnaval e não podemos esquecer da parceria do Governo do Estado, fundamental para que o povo bacabalense tivesse sua festa carnavalesca, nesse contexto não poderíamos esquecer de nossas crianças que no futuro farão nossa cidade melhor e mais feliz”.
 
Liderados pelos Cover de Patati e Patatá, tradicionais personagens como Mikey&Minie, Gummy Bear, Frozen Cover e a carismática Porquinha Peppa que foi uma atração a parte no Show fizeram a festa da criançada no Centro cultural. O Vesperal deste domingo (26) no Centro cultural em Pleno domingo do CarnAval agradou às crianças e seus acompanhantes.

A Festa Continua

Sem perder o clima de organização e animação, o Carnaval do Povo vai até terça feira, passarão pelo palco principal do Centro Cultural artistas e bandas locais e nacionais como Byzyl Cantor, Forró Skenta, Axé Clonado, Toca do Vale, Banda Reflexos, Fofa do forró, Kiko Luz, Aline Fernandes e Xexéu(es-Timbalada). Veja abaixo a agenda da Banda Santa Cecília que continuará esquentando o clima carnavalesco nas comunidades.

Agenda da Banda Santa Cecília:

LOCAL
DATA
HORÁRIO
Amigos do Chopp – Associação do SAAE

Praça Firmino Neto

27 de fevereiro
(segunda-feira)
14 :00h


18:00h
Rua Paulo Ramos
 (centro)

Santos Dumont
(Rua Galeão)

Terra do Sol
(Rua 15 Bar do Vasco)


11:00h


14:00h



16:00h

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Eclipse solar de hoje, conhecido como Anel de Fogo, será visível no BRASIL


Eclipese solar

O primeiro eclipse solar de 2017 acontece hoje (26). O fenômeno será visto em uma estreita faixa que passa pelo sul do Chile e da Argentina, oceano Pacífico, oceano Atlântico e sul da África. Segundo o Observatório Nacional, o eclipse será anular, também conhecido como “Anel de Fogo”, ou seja, quando se vê todo o desenho do Sol e uma espécie de anel de luz ao redor.

A observação no Brasil inclui toda a região Sul, Sudeste, grande parte do Nordeste e Centro-Oeste, que poderá ver o eclipse como parcial, entre 10h e 12h30, horário de Brasília, conforme a localidade.

Para uma observação segura, é importante que seja feita com instrumentos especiais usados por astrônomos ou com técnica de projeção. O Observatório Nacional ressalta que nunca se deve olhar diretamente para sol nem mesmo com o uso de filme de raio X, óculos escuros ou outro material caseiro. A exposição, mesmo de poucos segundos, danifica o olho de modo irreversível.

A agência espacial norte-americana Nasa lançou um site com detalhes sobre o eclipse solar. A plataforma vai transmitir, em tempo real, o fenômeno.

O Brasil terá a oportunidade de visualizar outro fenômeno solar ainda este ano. Em 21 de agosto, haverá um eclipse total do sol, que poderá ser visto no parcialmente somente na região nordeste, próximo do horário do pôr do sol.

Segundo análises do Observatório Nacional, em 14 de dezembro de 2020, haverá um eclipse parcial do sol que terá também visibilidade em grande área do Brasil.
FONTE: Agencia  Brasil

SEMUC leva cultura para comunidades no Carnaval 2017


A Secretaria Municipal de Cultura cumprindo mais uma meta do Plano Municipal de Cultura está levando a Banda Santa Cecília para comunidades bacabalenses que organizaram suas brincadeiras carnavalescas. O Circuito organizado para apresentação da Banda Santa Cecília atenda a uma reivindicação de alguns blocos organizados que farão suas brincadeiras em suas próprias comunidades.

O Ponto pé inicial da caravana carnavalesca da cultura foi o Tradicional Bar do Luizão onde centenas de pessoas, seguidoras de Banda Santa Cecília, caíram na folia ao som das tradicionais marchinhas carnavalescas.

A prefeitura Municipal de Bacabal continuará até o dia 28 de fevereiro, por meio da Secretaria de Cultura, levando a atração considerada como patrimônio imaterial da cultura bacabalense para cumprir agenda de compromissos com nossas comunidades.
Secretário Paulo Campos com músicos da Banda  Santa Cecília 

“Estamos realizando um grande carnaval, com atrações de massa e atrações tradicionais de nossa cultura. É de novo, o carnaval do povo, um carnaval arrojado alegre e organizado, marca da Gestão de Zé Vieira, com a ordem, respeito e muita alegria.” – Declara Paulo Campos, Secretário Municipal de cultura.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Bancos não poderão cobrar juros de mercado por atrasos em pagamentos




A partir de setembro, as instituições financeiras não poderão mais cobrar juros de mercado por atrasos em pagamentos. O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou resolução que proíbe a cobrança de taxas de mercado.

Hoje os bancos podem cobrar multa, juros de mora (juros punitivos por dia de atraso) e juros remuneratórios sobre parcelas em atraso. Em relação aos juros remuneratórios, os bancos tinham a liberdade de fixar a taxa com base nos juros definidos na assinatura do contrato ou nas taxas de mercado, cobrada sobre as novas operações.

De acordo com o Banco Central, a nova exigência trará mais uniformidade às operações de crédito e tornará as regras mais claras para os clientes. No atual momento de queda dos juros, no entanto, a nova regra prejudica os clientes porque as taxas de mercado (dos novos contratos) estão mais baixas do que os juros do momento em que o crédito foi tomado.
FONTE: Agencia Brasil

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

SEMUC Reune com parceiros e planeja ações para o carnaval 2017





A SEMUC – Secretaria Municipal de Cultura de Bacabal recebeu nesta segunda feira (20), vários representantes de órgãos e repartições públicas do município e do estado para uma reunião onde foi tratado assuntos relativos ao Carnaval 2017. O Secretário de Cultura Paulo Campos, coordenou a reunião e explicou aos presentes toda a logística de funcionamento do evento, que este ano está sendo realizado em parceria com o Governo do Estado do Maranhão.

Durante a reunião foram apresentadas as demandas dos parceiros do evento, a polícia militar informa que fará um plano de segurança para os dias do evento envolvendo distribuição de homens de acordo com os eventos realizados na região. O Conselho Tutelar de Bacabal também estará de plantão durante o evento com uma equipe de conselheiras que a priori farão um trabalho deinformação, prevençãoe proteção à criança e adolescente.
Parceiros presentes na reunião

A Secretaria de Saúde participará  no carnaval disponibilizando uma equipe de médicos, paramédicos e técnicos através de espaço próprio no Centro Cultural onde através do SAMU-Serviço Móvel de Urgência com urgência e atendimento de urgência no local do evento, o CTA – Centro de Testagem Anônima fará distribuição de preservativos e campanha de educação sexual.


O Secretário de Cultura Paulo Campos declarou que “apesar das dificuldades encontradas, a gestão realizará de novo, o carnaval do povo. É determinação do Prefeito de Bacabal Zé Vieira, um carnaval do povo com alegria e organização”. Atendendo pedidos das comunidades a Banda Santa Cecilia estará relembrando os clássicos carnavais de Marchinhas no Centro Cultural, Cohab I, Arena Pit Stop, Santos Dumont, Povoado São Sebastião dos pretos e outros pontos de culturais no município.
Secretário Paulo Campos e parceiros convidados

EM TEMPO
Terça-feira (21) O Secretário de cultura Paulo  Campos e sua equipe estiveram reunidos no antigo Restaurante Popular do Centro Cultural com vendedores ambulantes que farão vendas de bebidas e comidas  na área do carnaval, a reunião teve a participação dos representantes da Cemar e do Corpo de Bombeiros que fizeram alguns esclarecimentos de acordo  com suas áreas de atuação. Representantes da empresa responsável pela logística do evento também participaram e tiraram as dúvidas de todos presentes.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Prefeitura de Bacabal realizará Baile Carnavalesco para Idosos




Como parte da nova política de atenção ao idoso, a Prefeitura de Bacabal  através da Secretaria de Assistência Social sob a gestão da Secretária Fábia Cristina Braga realizará o carnaval dos Idosos 2017. O grande baile dos idosos acontecerá dia 23 de fevereiro a partir das 14:00hs no Centro de convivência de idosos localizado na estrada da Bela Vista próximo ao bairro Frei Solano.
Representantes dos Grupos de idosos

O evento articulado pela Secretaria de Assistência Social foi discutido numa grande reunião com representantes dos grupos de idosos dos Bairros da Areia, São Lucas, Vila Almiro Paiva, Pedro Brito e Setúbal. Participaram da reunião Débora Neres coordenadora do centro de convivência dos Idosos representado a Secretária Fábia Cristina, Bruna  Coordenadora do SUAS – Sistema Único de Assistência Social, Larissa Pinto coordenadora da vigilância sócio assistencial, lideranças comunitárias  além do Secretário de cultura escritor Paulo Roberto Campos. 
Equipe da Sec. de Assistência Social com lideranças comunitárias

Dentre os assuntos discutidos com os representantes dos grupos de idosos destaca-se e reativação e dinamização das politicas publicas da secretaria de ação social para publico da terceira idade. O baile dos idosos marca o inicio das atividades da Gestão do Prefeito José Vieira para assistência ao idoso bacabalense que quer trabalhar ouvindo os mesmo sobre as demandas dos idosos em suas comunidades, tais como aula da dança, hidromassagens e oficinas de aprendizagens da cultura regional como forma de estimular a auto estima e geração de renda para suas famílias.

Uma das reivindicações dos grupos de idosos foi o acesso facilitado a um Programa para Saúde do Idoso com atendimento humanizado nas unidades de saúde, bem como acessibilidade para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.



PARCERIA COM A CULTURA
Secretario de Cultura Paulo Campos entre idosos

Para garantir um evento à altura da tradição cultural dos idosos bacabalenses, a Secretaria de Assistência social busca parceria com a Secretaria de Cultura, “ Vamos fazer um grande baile para os idosos, essa é determinação do Prefeito Zé Vieira e as meninas da secretaria de assistência social estão cuidando de tudo com muito carinho e organização” declara Paulo Campos Secretário de Cultura do Município.

Durante o baile dos idosos será escolhida a Miss Simpatia da terceira idade, Concursos de Fantasias com premiação,a  animação ficará por conta da Banda Assis Melodia.

domingo, 20 de novembro de 2016

Crônica:O que comem, onde vivem e como se acasalam os que querem um golpe militar? Leonardo Sakamoto


Uma coisa é o pensamento conservador, que merece ser respeitado e, na minha opinião, questionado – quando for o caso – nas arenas públicas e privadas de discussões.
A outra é gente que acha que a Constituição é papel higiênico e as instituições democráticas – que levamos décadas para reconstruir – são um grande vaso sanitário.
Nesta semana, a ocupação da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados pelo pessoal que acha que a democracia é a titica do cavalo do bandido e vê comunismo na tigela dos Sucrilhos do café da manhã libertou uma quantidade surpreendente de seres mágicos pela internet.
Por exemplo, trolls que pensei estarem adormecidos desde que o tilintar de panelas cessou, orgulhoso de si mesmo, apesar da corrupção seguir galopante.
Seres que defendem uma ''intervenção militar constitucional'' (haha), o bloqueio da conversão do país em uma ''ditadura gayzista'' (hahahaha) e uma ação para evitar a iminente ''implantação do comunismo'' (#morri).
Pessoas que dizem que o mal precisa ser extirpado. E quem é o mal? Daí reside o problema.
Ouvimos cada vez mais que há pessoas ou grupos que representam o mal, cuja natureza é contra os costumes e as tradições dos ''homens e mulheres de bem'', e precisam ser extirpados. Eu mesmo já ouvi isso mais de uma vez: ''você é um câncer que precisa ser extirpado''.
Na superfície dessa afirmação, há ódio. Mas se escavarmos um pouco, chegaremos ao medo e, em seguida, à ignorância sobre o outro. Pincelado por horas de aulas de História cabuladas para ir empinar pipa ou fazer footing no shopping.
Tito de Alencar Lima, o Frei Tito, foi encontrado enforcado no dia 10 de agosto de 1974, durante seu exílio na França, como consequência da tortura que sofreu pelas mãos dos agentes da última ditadura brasileira. Aquela incensada pelo pessoal acima citado. Trouxe a história dele aqui por ocasião do aniversário de sua morte e gostaria de retomar parte de seu testemunho.
Em 1969, ele foi um dos dominicanos presos pelo torturador Sérgio Paranhos Fleury, delegado do Departamento de Ordem Política e Social (Dops), acusados de apoiar as ações da resistência contra o regime. O calvário de Tito, da prisão ao suicídio, tornou-se um dos símbolos da luta pela liberdade.
Trago trechos do testemunho de Tito à Justiça Militar, em 1969, em que conta como foram as sessões de tortura. O depoimento faz parte de ação movida pelo Ministério Público Federal contra os torturadores. Isso é a consequência da ''intervenção militar'' que esse povo tanto pede:
''Na quarta feira, fui acordado às 8 horas, subi para a sala de interrogatórios, onde a equipe do capitão Homero me esperava.
Repetiram as mesmas perguntas do dia anterior. A cada resposta negativa, ou recebia cuteladas na cabeça, nos braços e no peito.
Neste ritmo prosseguiram até o início da noite, quando me serviram a primeira refeição naquelas 48 horas. (…)
Na quinta- feira, três policiais acordaram-me à mesma hora do dia anterior. De estômago vazio, fui para a sala de interrogatórios. Um capitão, cercado por uma equipe, voltou às mesmas perguntas.
Vai ter que falar, senão, só sai morto daqui”, gritou. Logo depois vi que isto não era apenas uma ameaça: era quase uma certeza.
Sentaram-me na “cadeira de dragão” (com chapas metálicas e fios), descarregaram choques nas mãos e na orelha esquerda. A cada descarga, eu estremecia todo, como se o organismo fosse decompor.
Da sessão de choques, passaram-me ao pau-de-arara. Mais choques, pauladas no peito e nas pernas cada vez que elas se curvavam para aliviar a dor.
Uma hora depois, com o corpo todo sangrando e todo ferido, desmaiei. Fui desamarrado e reanimado. Conduziram-me à outra sala, dizendo que passariam a carga elétrica para 230 volts a fim de que eu falasse “antes de morrer”. Não chegaram a fazê-lo.
Voltaram às perguntas, batiam em minhas mãos com palmatórias. As mãos ficaram roxas e inchadas, a ponto de não ser possível fechá-las. Novas pauladas. Era impossível saber qual parte do corpo doía mais: tudo parecia massacrado.
Mesmo que quisesse, não poderia responder às perguntas: o raciocínio não se ordenava mais. Restava apenas o desejo de perder novamente os sentidos.'' 

Por aqui, lidamos com o passado como se ele tivesse automaticamente feito as pazes com o presente. Não, não fez. E o impacto de não resolvermos o nosso passado se faz sentir no dia a dia das periferias das grandes cidades, em manifestações, nos grotões da zona rural, com o Estado aterrorizando, reprimindo e torturando parte da população (normalmente mais pobre) com a anuência da outra parte (quase sempre mais rica).
Tito é torturado e morto novamente e novamente, todos os dias, no Brasil, sob outros nomes, crenças, gênero ou cor de pele. Normalmente, jovens, negros e pobres.
Diante da atual tentativa de excluir o espírito crítico dos bancos escolares, através de ações reacionárias como o ''Escola Sem Partido'', desejo que a história daquele período continue a ser contada nas escolas até entrarem nos ossos e vísceras de nossas crianças e adolescentes a fim de que nunca esqueçam que a liberdade do qual desfrutam não foi de mão beijada. Mas custou o sangue, a carne e a saudade de muita gente.
Se ficarmos apenas assistindo boquiabertos aos retrocessos sociais, ambientais, econômicos, políticos e civis, o que é um pesadelo do passado voltará a ser nosso cotidiano. Liderado por falsos ''salvadores da pátria'', eleitos no braços de quem está cansado de tudo o que está aí Inclusive da liberdade para procurar soluções de forma coletiva aos problemas da sociedade.
Só dessa forma, os poucos milhares que hoje clamam por um golpe militar ou pela volta da ditadura continuarão a ser vistos pelo restante da sociedade como mal informados, ignorantes ou insanos.
Acho importante esse pessoal mostrar sua cara e dizem quem é. Eu já estava cansado de ser xingado por anônimos na internet ou perfis do Twitter com foto de ovo. Vocês não tinham curiosidade de saber quem eles são? O que comem? Onde vivem? Como se acasalam?
Temos a responsabilidade de, uma vez identificados, despejarmos todo o carinho e paciência possíveis. Pois, talvez um dia, compreendam o que significa a liberdade que está diante de seus olhos, mas que não conseguem enxergar.

sábado, 12 de novembro de 2016

Compositora de Pedreiras consegue que justiça proíba banda de executar música “Ponto de Partida”

Sentença assinada pelo juiz Marco Adriano Ramos Fonsêca, titular da comarca de Pedreiras, proíbe a Banda Asas Livres – Jailton Santos Barbosa – ME e a Gravadora Pato Discos Ltda – Pato Discos Gravadora e Editora Ltda – ME de executar, divulgar, transmitir ou retransmitir em seu repertório a música “Ponto de Partida”, composição de autoria de Dilza de Sousa Siqueira e regravada pela banda sem autorização da autora. A suspensão da execução, divulgação, transmissão ou retransmissão da composição deve ser imediata, ficando a gravadora proibida de reproduzir a música em CD’s, DVD’s e outros formatos de mídias.


Imagem divulgação

As empresas requeridas devem se abster de distribuir novos exemplares de CD’s ou DVD’s ou outros formatos de mídias contendo a música, e devem providenciar a destruição dos exemplares não distribuídos. A título de danos morais, banda e gravadora (cada uma) devem indenizar a autora da composição em R$ 25 mil (vinte e cinco mil reais), além de publicar, em destaque, por três vezes consecutivas, em jornal de grande circulação do domicílio da autora, nota informando a autoria da música e reprodução da mesma em seu repertório sem a autorização da autora. A multa diária para o atraso ou descumprimento das determinações é de R$ 100 (cem reais).
Dilza de Sousa
  Conhecimento notório – A sentença atende à Ação de Indenização por Violação de Direitos Autorais proposta por Dilza de Sousa em desfavor das referidas banda e gravadora. Na ação, a autora sustenta que é compositora da música “Ponto de Partida”, autoria essa “de conhecimento notório de toda a população pedreirense, que é a cidade da autora, assim como de pessoas de vários lugares do Brasil”.

Segundo Dilza, a notoriedade nacional deve-se ao fato da composição ter sido reproduzida e interpretada por vários artistas – entre os quais cita Lairton e Marcia Filipe – todos porém com a devida autorização, frisa. Quanto à banda ré, Dilza afirma que o grupo musical, além de regravar a composição sem autorização, ainda atribui a criação da música aos próprios vocalistas da banda.

A autora da ação relata ainda as tentativas infrutíferas, através de contatos via telefone e email com o produtor e empresário da banda, no sentido de resolver amigavelmente o impasse. Segundo Dilza, “os réus não apresentaram qualquer resposta à tentativa de acordo”.

Autorização – Em suas fundamentações, o juiz cita os incisos XXVII e XXVIII do art. 5º da Constituição Federal, que estabelecem que pertence aos autores o direito exclusivo de utilização, publicação ou reprodução de suas obras, bem como a Lei 9.610/98, cujo artigo 29 dispõe que “depende da autorização prévia e expressa do autor a utilização da obra, por quaisquer modalidades”. E afirma: “É fato incontroverso nos autos a existência da referida obra musical, de autoria da requerente, bem como se comprovou a utilização da música pelos requeridos”. O magistrado ressalta ainda a inexistência de qualquer documento ou outro tipo de prova de “autorização do autor ou cessão de direitos expressa para uso da obra musical de sua autoria pelos requeridos”.

Nas palavras do juiz, a legislação estabelece que “a cessão de direitos se dê por escrito, presumindo-se sua onerosidade”, o que não ficou demonstrada nos autos pelos requeridos, uma vez que os mesmos não apresentaram qualquer documento comprovando a autorização/cessão de direitos autorais pela requerente.

Para o magistrado, essa não comprovação evidencia “a violação dos direitos autorais da requerente, especialmente ao se observar que teve seu nome deliberadamente omitido pelos requeridos quanto à autoria da música ‘Ponto de Partida’, os quais atribuíram a criação da música aos próprios vocalistas da banda”.

Má-fé – Na visão do juiz, está demonstrada nos autos “a existência de má-fé, haja vista o(s) réu(s) possuírem conhecimento da existência da obra musical e de sua autoria” e inclusive mencionam que a composição é de outros compositores e não da requerente e que, mesmo sem qualquer autorização desta ou sequer avisá-la a respeito, utilizaram a obra para execução pública, havendo, no caso, ofensa deliberada ao direito da autora”.
FONTE: CGJ

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Academia sueca surpreende com notícia Prêmio Nobel de Literatura para Bob Dylan

9a9v662rstg658hxxsevenr9a Reprodução
O cantor e compositor Bob Dylan, 75 anos, levou o prêmio Nobel de Literatura de 2016. A surpreendente conquista foi anunciada na manhã desta quinta-feira (13) pela Academia Sueca. Ele é o primeiro compositor musical a ser contemplado na história do prêmio.
“Dylan criou novas expressões poéticas dentro da grande música tradicional americana”, diz o comunicado oficial.
Em sua carreira o norte-americano lançou 37 álbuns, sendo o último, “Fallen angels”, em maio deste ano. Entre seus principais prêmios estão onze Grammys, um Oscar e um Globo de Ouro.
A secretária permanente da Academia Sueca, Sara Danils, descreveu Dylan como um “grande amostrador. E há 54 anos ele tem se reinventado. A começar por ‘Blonde on blonde’, um exemplo extraordinário de sua maneira brilhante de rimar, juntando refrãos, e de sua maneira brilhante de pensar”.
Canções como “Like a rolling stone” se tornaram hinos de uma geração que começava a se soltar das amarras da moral conservadora. Outros sucesso do cantor são “Mr.Tambourine Man”, “The Times They Are A-changin”, “Knockin on Heaven’s Door” e “Blowin The Wind”.
O cantor já se aventurou realmente na literatura. Seu primeiro livro foi ‘Tarântula”, obra de poesias experimentais que escreveu entre 1965 e 1966 e lançou em 1971. Em 2004, Dylan liderou listas de mais vendidos com “Crônicas – Vol. 1”, a primeira (e até agora única) parte de sua autobiografia. Ele publicou ainda seis livros dedicados a sua arte visual e outros tantos com as letras de músicas que escreveu.
Com Informaçoes da EBC e Jornal Pequeno

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Região do Médio Mearim fortalece cadeias produtivas

 Resultado de imagem para Região do Médio Mearim
Na última sexta-feira (7), gestores das secretarias de Indústria e Comércio (Seinc) e de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), estiveram em Pedreiras, apresentado programas e ações voltados as cadeias da carne e couro, leite e derivados e arroz.
O evento, que contou com apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) aconteceu no Centro de Capacitação Tecnológica do Maranhão (Cetecma) e expôs aos técnicos responsáveis pela assistência aos produtores, os trabalhos que estão sendo desenvolvidos nas cadeias produtivas.
A inciativa faz parte do programa ‘Mais Produção’, no âmbito do Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (Sepab). A Seinc é responsável pelas iniciativas em prol das cadeias da Carne e Couro no âmbito estadual, Leite e derivados na região do Mearim e Médio Mearim, e tem promovido uma série de medidas em prol do adensamento dessas cadeias no estado.
“A produção e fomento são um dos principais caminhos para o desenvolvimento. Além de gerar emprego e renda. Com esse trabalho, estamos contribuindo para que nossos produtores possam expandir seus negócios, potencializando o setor produtivo do estado”, afirmou o secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo.
O superintende de Desenvolvimento de Políticas Agrícolas da Sagrima, Fernando Trinta, ressalta que a reunião é o Ponta pé inicial na assistência técnica e gerenciamento das cadeias: “O Governo está trabalhando com suas secretarias, cada uma com suas expertises. Todo esse trabalho, contempla outros trabalhos que estão sendo realizados em tornos das cadeias aqui trabalhadas”.

Cadeia produtiva do leite

Com os trabalhos realizados e a retomada da confiança dos produtores, os resultados já começaram a aparecer. No início da gestão, a Região do Médio Mearim registrou a produção de 70 mil litros de leite. Hoje, são produzidos 109 mil litros por dia.
Além da reunião, a equipe da Seinc esteve visitando as futuras instalações da fábrica de queijo Igarapé, que terá suas novas instalações inaugurada em breve. Com capacidade para produzir 1.500 quilos de queijo por dia.

Mais produção

O programa ‘Mais Produção’ define 10 cadeias produtivas prioritárias (feijão, arroz, mandioca, carne e couro, ovinocaprinocultura, leite, avicultura – caipira e industrial, piscicultura, hortifruticultura e mel) que desde o início da gestão têm sido trabalhadas com foco no abastecimento do estado e na busca pela autossuficiência.
Para cada cadeia, está sendo desenvolvido um trabalho particular, que levam em consideração as características das regiões produtoras e as demandas dos envolvidos, como produtores, sindicatos, agroindústrias e instituições públicas e privadas.
Fonte: Governo do Estado 

sábado, 8 de outubro de 2016

Hoje é dia de Poesia


Novas unidades do Viva levam facilidade para Pinheiro e Bacabal


unnamed
Inovações e incremento nos serviços oferecidos são a marca das duas unidades do Viva que vão ser inauguradas nos dias 13 e 15 de outubro em Bacabal e Pinheiro, respectivamente.As duas cidades ganharam estruturas modernas e confortáveis para atender maranhenses das regiões da Baixada e do Médio Mearim e vão oferecer serviços como emissão da 1ª e 2ª vias do RG, inscrição e consulta no CPF, emissão de antecedentes criminais, orientação ao consumidor e registro de denúncias, por meio doProcon/MA, encaminhamento ao mercado de trabalho, com o suporte do SINE (Sistema Nacional de Emprego) e seguro desemprego, serviços online como emissão de boletim de ocorrência, emissão de faturas e boletos, consultas do NIT, PIS/PASEP, bolsa família, inscrições em concursos, informações sobre a Junta Militar e ponto de atendimento da Junta Comercial do Maranhão (Jucema).

Além dos novos serviços e de terem recebido uma nova sede, as unidades do Viva nos dois municípios representam economia ao erário público, pois serão instaladas em prédios do Governo, que não pagam aluguel, e foram totalmente reformados para receber a nova demanda e os cidadão que buscam pelos serviços do oferecidos pelo órgão.

As inaugurações fazem parte do projeto de ampliação, descentralização e reestruturação da oferta de serviços públicos aos maranhenses. O diretor-geral do Viva, Duarte Júnior, explica que as novas unidades têm ganhado estrutura e atendimento diferenciado. “Os investimentos continuarão sendo realizados para garantir o melhor atendimento e gerar desenvolvimento em todas as regiões do Maranhão. Nosso objetivo é garantir a efetivação dos direitos da população maranhense e só se consegue isso por meio das ações de ampliação dos serviços, novas estruturas físicas e a capacitação dos nossos servidores. Estamos conseguindo garantir a expansão, reestruturação do Viva e maior economia dos gastos públicos, fazendo mais com menos”.

Após as inaugurações, a unidade de Bacabal estará pronta para realizar 800 atendimentos diários, com seis postos de serviços e os 11 guichês da unidade realizando atendimentos humanizados e eficientes. Já a unidade de Pinheiro conta com 10 guichês, atendendo as novas metas de reestruturação das unidades.

“Temos a missão institucional de humanizar o atendimento e harmonizar as relações de consumo no estado”, completa o diretor e presidente do Procon Maranhão. A unidade em Pinheiro agora fica localizada na Rua Maria Pinheiro Paiva, no bairro Santa Luzia. Em Bacabal, a nova sede fica situada à Avenida Getúlio Vargas, nº 115A, Centro.
com informações do Governo do Estado 

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Unidades do Procon/MA e do VIVA em Pedreiras e Presidente Dutra recebem melhorias

Foi assinado, na tarde dessa terça-feira (4), em Pedreiras, a ordem de serviço que dará início a reestruturação e reforma do Procon. Além disso, também foi anunciada a inclusão dos serviços da JUCEMA e a mudança da unidade do PROCON para o VIVA. A notícia foi bem recebida pelo coordenador do PROCON em Pedreiras, André Rocha. “Estamos muito animados com essa mudança. Com melhor localização e contando com a praticidade de estar junto a outros serviços do Estado, poderemos oferecer atendimento com mais qualidade. Ganhamos nós, servidores do órgão, e principalmente, o consumidor pedreirense.”, enfatizou.
Na manhã desta quarta-feira (05), foi a vez de Presidente Dutra. A unidade já existe há 10 anos no município e nunca havia passado por melhorias. Por esse motivo, acumulava diversos problemas na estrutura física.
Segundo o coordenador da unidade, Josemir Pereira, a população esperava há muito tempo pela reforma, o que, segundo ele, trará melhorias também para os servidores.

Ampliação e reestruturação

Após inaugurar novas unidades dos dois órgãos em Coroatá, o presidente do Procon apresentou as novas metas e a reestruturação das unidades de Carolina, Açailândia e Balsas, inaugurando uma mega unidade do VIVA no Imperial Shopping, em Imperatriz, e mantendo a unidade da Rua Godofredo Viana. Uma nova unidade do Procon/MA também foi inaugurada em Barra do Corda, e o VIVA da cidade foi reestruturado.
Também já receberam melhorias as unidades de Caxias, Viana e Santa Inês. A cidade de Codó, que já possuía uma unidade do Procon/MA, ganhou, também, um novo VIVA, enquanto Carolina teve sua unidade do VIVA reformada e foi contemplada com um Procon/MA. Também ganharam VIVAs, os municípios de Chapadinha e Pastos Bons. Em outubro, novas unidades serão inauguradas em Codó e São Luís, e reformadas em Bacabal e Pinheiro.
Fonte: Governo do Estado, com edições e informações do Jornal Pequeno

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Crônicas do Dia - Ouças as crianças - Cristovam Buarque


Toda reforma educacional precisa ter dois propósitos: atender ao aluno e ao futuro do Brasil. Ouçam as crianças, os adolescentes e as vozes que vêm do futuro. Os alunos brasileiros estão há anos gritando o horror como eles percebem o ensino médio: gritam ao abandonar a escola e gritam tirando 3,7 no Ideb. E o Brasil de hoje não ouve, nem atenta para as trágicas consequências disto para o futuro. A escala Ideb mede terremotos sociais e econômicos futuros.
Seus últimos resultados mostram a catástrofe que ameaça o futuro do país e de seus futuros adultos. Depois de quase 30 anos de democracia, 13 de governos da esquerda - ao-redor do - PT, o ensino médio brasileiro carrega duas falências: a brutal evasão de alunos e o baixíssimo nível no seu Ideb. A medida provisória que propõe a reforma do ensino médio deve ser bem recebida, por trazer urgência e ser uma resposta à catástrofe nesta fase educacional.


 Resultado de imagem para Ouças as criançasMesmo sabendo que ainda não é suficiente para construir a escola com a mesma elevada qualidade para pobres e ricos em todas as cidades, traz uma primeira evolução ao ouvir o aluno na definição de sua grade de disciplinas. Uma das causas da evasão está na desconsideração da diversidade vocacional dos alunos para escolher as disciplinas que lhe agradam.

Os pioneiros da educação, há 80 anos, e Paulo Freire, há 50, defendiam que a escola precisa respeitar o aluno. Para eles, a escola deve ser libertária, e não uma prisão. A imposição de disciplinas é uma forma de palmatória intelectual. A escola tem que estar ao gosto do aluno. Ele pensa, tem personalidade, alma, deve ter voz. O governo tem de ofertar todas alternativas, mas o aluno deve ter o direito de escolher a sua demanda.
No mundo moderno, com o nível de informação de que os adolescentes dispõem e das possibilidades pedagógicas e gerenciais que as novas tecnologias oferecem à escola, é possível compor um menu conforme a vocação, o talento ou o simples gosto de cada aluno. Os temas gerais, que são importantes para a formação deles, devem ser oferecidos sob a forma de atividades como debates filosóficos semanais sobre temas da realidade; exposições de artes plásticas; participação política; jogos e práticas esportivas; publicação e recitais de poesia e música.
A Lei nº 13006/14, de minha autoria, por exemplo, obriga a oferta de cinema nas escolas, mas não obriga o aluno a assistir aos filmes. Junto com a flexibilidade na formação da grade curricular, a medida provisória determina a oferta de cursos profissionalizantes que, além de fazerem o ensino médio mais atraente para o aluno, lhe dá uma habilidade profissional que hoje ele não recebe.
Contando com a necessária e adequada infraestrutura, o estímulo à adoção do horário integral, formulado há 30 anos por Darcy Ribeiro no Rio de Janeiro, com os Cieps, torna possível um avanço na qualidade do ensino médio. A MP 746 ainda não é suficiente, mas é necessária e positiva. Ainda está longe de iniciarmos uma revolução, mas estamos fazendo uma evolução.

domingo, 2 de outubro de 2016

Noite histórica em Bacabal dois prefeitos eleitos



Para quem acha que já viu tudo na terra da Bacaba eis que a história  brinca com os sentimentos cívicos dos bacabalenses. Numa situação inédita, a comunidades elege dois prefeitos, o que é impossível juridicamente, para o povo não é brecha na lei, é exercício de cidadania. Mesmo sendo qualificado como candidato ficha suja por ter pendencias na justiça, o povo elege Zé Vieira Prefeito de Bacabal com 20.671 votos. No entanto o segundo colocado não é segundo colocado, já que o primeiro mais votado estava apto, mas indeferido, portando temos dois prefeitos eleitos, um por maioria de votos e outro por circunstanciais jurídicas, Roberto Costa (PMDB) , neste caso, é também Prefeito eleito com 18.330 votos.
Ambos os prefeitos despertaram no povo o sentimento de vitória, e apos a apuração as ruas de Bacabal foram tomas por gente que comemora a vitória de seu candidato. A cidade é uma festa só, enquanto nas redes sociais e blog's alguns tentam explicar o que aconteceu.
Um ganhou com mais votos está comemorando Zé Vieira. O Ooutro Roberto Costa segundo lugar está nas ruas comemorando pois o primeiro está com recurso.Caso Zé Vieira seja deferido pela justiça será oficialmente prefeito de Bacabal, afinal foi o mais votado.Se Zé Vieira Perder o recurso Roberto Costa segundo colocado que também está nas ruas comemorando será Prefeito da cidade.Simples assim.
Afinal quem vai assumir a gestão de Bacabal? Passamos a vida toda vendo ser eleito o mais votado, é uma questão de lógica. Mas com a lei da ficha limpa as coisas mudaram, ou será a lei que está a tropeçar nas próprias pernas. Não está enquadrado na Lei de Ficha Limpa não dá atestado de boa conduta a nenhuma cidadão. E agora José? Que fazer? Será que a Justiça respeitará a vontade da maioria da população bacabalense ou dará a gestão do município ao segundo colocado que nestas circunstancia ainda é o p primeiro.Será um duelo de titãs digno de un filme de hollywood.
O fato é que a justiça terá que tirar a venda dos olhos e julgar os recursos que tramitam e que ainda vão aparecer. Uma coisa é certa: cada povo tem o Prefeito que merece, digo, o Prefeito que elegem.
Agora sim, lascou! Quem nós elegemos? Só a Justiça é quem sabe. Bons tempos aqueles que apezar das artimanhas usadas, ganhava -se eleição com a maioria dos votos. Salve a democracia...
Por Zezinho Casanova