Violência contra jornalista Não é privilégio de Bacabal, no Brasil é “rotineira”

Quem não gosta de ser criticado não serve para ocupar cargos públicos e quem não quer ser pessoa pulblica não serve para ser jornalista.

Concurso DETRAN MA 2017:

Expectativa de edital para nível médio e superior com 170 vagas! Até R$5mil

Centro Espírita Júlio Luz de Carvalho realiza Campanha "Cesta de Luz"

Entrega das Cestas será às 17h00 de quarta feira(12)

Semuc e Secretaria da Juventude Preparam ações alusivas ao aniversário de Bacabal

Participe, declare seu amor a Bacabal :Princesa do Mearim, 97 anos de emancipação política, rumo ao centenário.

Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Cultura Bacabalense de Luto




Por volta das 22h30 desta terça-feira (18) a cultura bacabalense perdeu Valdimiro Gomes, de 67 anos, que faleceu vítima de infarto. Seu corpo está sendo velado na rua Silva Maia, bairro da Areia.
Valdimiro era cantor e músico. Há alguns anos fazia parte da Banda Municipal Santa Cecília tocando surdo. Durante sua carreira teve passagens pelo grupo Canário do Norte onde foi vocalista na época em que o trio fez sucesso a nivel nacional. Miro Gomes como gostava de ser chamado deixou um CD solo gravado, mas a gravadora mesmo tendo recebido adiantado não havia segundo o cantor, ate o presente terminado o trabalho.
O artista também participou do Trio Casca de Pau.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

SEMED realiza cerimônia de entrega dos livros didáticos da Educação Infantil e Quilombola



A função do livro didático impresso tem um imenso significado para a aprendizagem dos alunos, e conta com os esforços de professores e estudantes, para que sejam sistematizados em sala de aula as informações e os conhecimentos. O Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) é um dos maiores projetos de distribuição gratuita de livros escolares para todos os alunos da rede pública da Educação Básica, tendo como única exceção a Educação Infantil.

Embora exista esta exceção por parte do referido programa, o município de Bacabal é um diferencial no Estado do Maranhão, pois disponibiliza livros didáticos para a educação infantil e cumpre à risca a Lei n° 10.639/2003 que assegura o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana nas escolas, através da aquisição de livros específicos para esta área.
Os livros escolhidos atendem efetivamente às expectativas, pois contribuem na construção de conhecimentos e valores, com metodologias inovadoras, seguindo a visão dos grandes teóricos da educação, da LDB e dos Referenciais e Diretrizes Curriculares Nacionais.

A manhã desta terça-feira (11/04) foi bastante especial, pois a Secretaria Municipal de Educação realizou a cerimônia de entrega dos livros didáticos da Educação Infantil e Quilombola. O evento foi marcado pela presença do Vice-Prefeito, Sr. Florêncio Neto, vereadores, secretários, assessores, técnicos da SEMED, gestores, professores, pais e alunos.
O Vice-Prefeito de Bacabal, Sr. Florêncio Neto, ressaltou que a prefeitura municipal, através da SEMED, está realizando a entrega dos livros didáticos, porque preza pela educação dos alunos da Rede Municipal de Ensino e sabe da importância dessa ferramenta no desenvolvimento de cada um deles; visto que todos merecem uma educação de qualidade.

O Secretário de Educação, Prof. Carlos Gusmão, em sua fala destacou a necessidade da oferta dos livros e do total consentimento do Prefeito Municipal, José Vieira Lins, para dar continuidade a este trabalho que possui grande êxito. Também frisou a realização das formações que acontecem durante todo o ano e capacitam os professores, coordenadores e gestores acerca da adequação das metodologias com o material que será utilizado, sempre objetivando a aprendizagem e a formação integral dos alunos.

Durante a cerimônia foi realizada a entrega simbólica dos livros didáticos para 36 alunos das Unidades de Educação Infantil e das Unidades de Ensino Fundamental de Bacabal. As professoras da UEI Madre Esperança fizeram uma belíssima encenação com a “Boneca Lili”, promovendo ensinamentos e entretenimento para crianças e convidados.

Oportunizar uma educação de responsabilidade e compromisso é o maior objetivo da Secretaria Municipal de Educação que recebe todo o apoio da Prefeitura Municipal que não mede esforços para transformar Bacabal em uma cidade de ordem e respeito.

fonte: Assecom | Prefeitura de Bacabal

“Nunca recebi nenhum dinheiro ilegal”, diz Flávio Dino em novo vídeo



O governador Flávio Dino voltou a rebater a denúncia de que teria recebido R$ 400 mil da Odebrecht para emitir parecer favorável a um projeto de interesse da construtora, na CCJ Senado.
Na defesa, feita em novo vídeo, o governador apresenta certidão emitida pela CCJ que comprova que ele, então deputado federal e relator do projeto, não apresentou parecer ou qualquer outra manifestação.
“Nunca recebi nenhum dinheiro ilegal por essa ou por qualquer atuação minha nos três poderes, em mais de 25 anos de trabalho, sem responder a um único processo. São fatos concretos e documentos contra denúncias vazias. Contra fatos, não há argumentos”, disse o governador.






Com caixa dois, doação oficial era 'bônus', segundo Marcelo Odebrecht



Em depoimento ao juiz Sergio Moro, o herdeiro do grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht, afirmou que o pagamento a políticos em caixa dois era recorrente na empreiteira.

Em uma de suas planilhas, as doações eleitorais oficiais eram identificadas como "bônus".

"Três quartos do custo estimado das campanhas era caixa dois. Então, o pessoal precisava de caixa dois", disse o executivo, em audiência realizada na segunda (10) e tornada pública nesta quarta (12).

No depoimento, o herdeiro voltou a afirmar que o ex-presidente Lula era tratado internamente como 'Amigo', e diz que a empresa disponibilizou a ele um saldo de R$ 40 milhões de propina, ao final do seu mandato.

"A gente entendia que o Lula ainda ia ter influência no PT. O Lula nunca me pediu diretamente isso; eu combinava com o [ex-ministro Antonio] Palocci", afirmou.

O executivo diz não saber o destino de todo o dinheiro, mas sabe que alguns valores foram sacados em espécie, por exemplo, a pedido de Palocci, e descontados do saldo "Amigo".

"Quando ele pedia isso, eu sabia que estava se referindo a Lula", declarou o empreiteiro.

Parte do saldo também serviu para a compra de um terreno que seria doado ao Instituto Lula, num plano que acabou sendo abortado. A Odebrecht, depois, vendeu o terreno e "creditou" o valor no saldo "Amigo" novamente, segundo contou Marcelo.

DEPARTAMENTO DE PROPINAS

O atual delator da Lava Jato admitiu que a Odebrecht estruturou um departamento de propinas no início da década de 1990, simultaneamente ao escândalo dos anões do orçamento, em 1993, e à internacionalização da companhia. A ideia era acabar com o "descontrole total" da contabilidade e continuar atendendo às demandas dos políticos.

Com isso, passou a pagar propinas no exterior —chamadas pelo empreiteiro de "pagamento não contabilizado". Os presidentes de cada unidade de negócios tinham autonomia para fazer seus pagamentos.

Parte deles era feita em offshores. Outra parte, paga em dinheiro em espécie, por meio de doleiros que recebiam os valores da Odebrecht no exterior e se encarregavam de convertê-los para reais.

"Essa questão de eu ser o grande doador, no fundo, é também [para] abrir portas", afirmou.

Segundo o delator, qualquer pedido que ele fizesse a um político no Brasil, mesmo que de um pleito legítimo, gerava uma "expectativa de retorno financeiro". "Infelizmente, em toda relação empresarial com um político, por mais que o empresário peça pleitos legítimos, no fundo, tudo gera uma expectativa de retorno", afirmou.

No depoimento, Marcelo também confirmou que o apelido "Italiano" era uma referência ao ex-ministro Antonio Palocci, tido como seu principal interlocutor no governo do PT.

Ele voltou a afirmar que se sentia "o bobo da corte" do governo, ao assumir projetos caros por pressão do governo federal, como os estádios da Copa.

"É um absurdo. O governo cria os problemas para a gente, e depois, quando a gente entope nossa agenda para solucionar, eles criam a expectativa de que a gente vai doar", afirmou. "A gente fica lá mendigando para o governo resolver os problemas que me criou."

O executivo também contou um episódio em que o ex-ministro Guido Mantega teria dito, em meio à negociação de um programa de refinanciamento, que tinha a expectativa de que a Odebrecht doasse R$ 50 milhões à campanha da ex-presidente Dilma Rousseff em 2010.

Esse valor está incluído nos créditos da planilha "Programa Especial Italiano". Mantega, nessa tabela, é referido como o "Pós-Itália".

"Ele não chegou para mim e falou para mim: 'Olha, só vou fazer isso por causa disso'. Mas a gente estava discutindo um assunto, ele botou [o número] no papel e disse que tinha a expectativa", afirmou Odebrecht.

Os vídeos do interrogatório, ocorrido no início da semana, foram divulgados nesta quarta (12), após o levantamento do sigilo da delação da Odebrecht pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

OUTRO LADO

Em nota, o Instituto Lula informou que o ex-presidente nunca pediu valor indevido à Odebrecht nem "a qualquer outra pessoa". "Lula não tem nenhuma relação com qualquer planilha na qual outros possam se referir a ele como 'Amigo'", diz.

O advogado de Palocci, José Roberto Batochio, vem afirmando que o ex-ministro é inocente e que jamais intercedeu em favor da Odebrecht, mas cumpria seu papel. O apelido "Italiano", segundo ele, não se refere a Palocci, mas "é um apelido em busca de um personagem".

Mantega tem negado irregularidades.
FONTE:Folhade São Paulo


terça-feira, 11 de abril de 2017

Semuc e Secretaria da Juventude Preparam ações alusivas ao aniversário de Bacabal

Diversas Secretarias da Prefeitura de Bacabal estão a realizar ações alusivas ao aniversário de 97 anos de Bacabal. São muitas atividades voltadas para o publico em geral, durante todo o mês de abril serão promovidos vários eventos, um dos mais esperados é a programação cultural articulada pela SEMUC - Secretaria de Cultura do Município que dessa vez em parceria com a Secretaria da Juventude realizará o Projeto Bacaba Princesa do Mearim Rumo ao centenário.
 Um dos momentos mais aguardados da programação ocorre sábado (15) a partir das 17h00 com a reabertura oficial do Centro de Artesanato. O evento marca a divulgação da nova identidade visual da Prefeitura através da Cultura. Após a abertura oficial com a Banda Santa Cecília, o poeta, ator e escritor Francisco Luciano fará uma performance poética em homenagem a Bacabal. Em seguida será feita uma rodas de capoeira para louvar todos os mestres de cultura popular de todos os seguimentos. 

SECRETARIA DA JUVENTUDE 

A Secretaria Municipal de Juventude realiza na mesma ocasião uma programação conjunta com a cultura, trata-se de um grande festival de música e dança com alunos da rede publica de Bacabal, Diversas Bandas e cantores farão apresentações concorrendo a uma grande premiação. Quem marcará presença também na programação da Secretaria da Juventude será a admirada  banda  "Madalena Soul" que fará um grande show com músicas contemporâneas para o publico presente no centro cultural. 
A Secretaria de Cultura fará uma grande decoração homenageando personalidades da história bacabalense nos mais diversos seguimentos da sociedade. Ao final das apresentações a Banda Reflexus animará com o melhor da música nordestina.
Os Secretários Paulo Campos e Ítalo Gaioso da cultura e juventude respectivamente, declararam à imprensa que estão seguindo as determinações do Prefeito José Vieira que vem acompanhando de perto as ações das secretarias. Nos dias 16 e 17 de abril, a nossa cidade vivenciará a grande festa!!! Alem das atrações voltadas para o publico gospel, segunda (17) haverá uma grande show com os artistas mais procurados do momento. Os Show's programados para 16 e 17 de abril acontecerá na noite dos respectivos dias.

 Atrações já confirmadas: 
• 16/04 | Vanessa Cristina e Banda;
 • 16/04 | Banda Som e Louvor; 
• 17/04 | Banda Beijo Quente;
 • 17/04 | Pedrinho Pegação;
 • 17/04 | Toca do Vale. 
Participe, declare seu amor a Bacabal :Princesa do Mearim, 97 anos de emancipação política, rumo ao centenário. 

Justiça Eleitoral acata recurso e Zé Vieira permanece como prefeito de Bacabal; caso continua sendo analisado no TRE-MA


Resultado de imagem para zé vieira prefeito de bacabalO presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, desembargador Raimundo José Barros de Sousa, acatou recurso especial interposto em favor do prefeito de Bacabal, José Vieira Lins, mantendo-o no cargo, e determinando a intimação da parte contrária.


Desde a contestação da candidatura do prefeito, integrantes da Justiça Eleitoral já proferiram decisões divergentes.

Nesta segunda-feira (10), em sua decisão, o desembargador Raimundo Barros afirmou que o juízo prévio de admissibilidade a que se submete o Recurso Especial Eleitoral restringe-se à verificação da existência de seus pressupostos gerais e específicos. “Sob esta ótica, constato que o recurso foi interposto tempestivamente e por parte detentora de interesse e legitimidade, cumprindo, destarte, os requisitos genéricos de admissibilidade. Desta forma, admito o Recurso Especial interposto e, via de consequência, determino a intimação da parte contrária para, querendo, apresentar contra-razões, na forma prevista no art. 278, §2°, do Código Eleitoral".
fonte:Do O Informante
Data de publicação: 
20:40

Doralina Marques é a nova Secretária Municipal de Saúde de Bacabal


Doralina Marques, que antes ocupava o cargo de Secretária-Adjunta de Saúde, foi nomeada na manhã desta terça-feira (11), ao cargo de Secretária de Saúde do município de Bacabal.


A portaria já foi assinada pelo prefeito Zé Vieira e, faz parte de um plano de ações administrativas da Prefeitura de Bacabal que, em um primeiro momento, precisava de uma pessoa mais próxima do prefeito para restruturar a pasta e implantar o modelo de gestão do novo Governo Municipal.

Formada em administração de empresas e pessoa mais próxima do prefeito Zé Vieira, a primeira-dama Patrícia Vieira recebeu essa missão e, conseguiu por ordem na casa; pagar salários em dia; reabrir o centro cirúrgico do Pronto Socorro Municipal; entregar mais de vinte leitos para pacientes que precisam do Serviço Único de Saúde (SUS); assegurar uma importante parceria com o Governo do Maranhão – entregando a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), para ser administrada pela Secretaria de Estado da Saúde; aumentar a fronta de ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), dentre várias ações enérgicas que fizeram com que a saúde pública de Bacabal desse um salto de qualidade, obtendo uma melhora significativa, em comparação a anos anteriores.

“A Sensação é de dever e missão cumprida! A Secretaria Municipal de Saúde está funcionando, avançando gradativamente. Isso nos enche de orgulho. Agora, vou me dedicar a ajudar meu marido em todas as áreas do Governo. A Prefeitura dispõe de uma equipe competentíssima. Os resultados continuarão sendo vistos pela sociedade. Reconheço que muito ainda precisa ser feito para atingirmos a meta do prefeito Zé Vieira, de propiciar uma saúde pública de alta qualidade e cada vez melhor para o povo bacabalense. Por isso, escolhemos uma pessoa de alta capacidade técnica para assumir a Secretaria de Saúde (Doralina Marques).” Declarou a primeira-dama de Bacabal Patrícia Vieira.

Quem é a nova Secretária de Saúde Doralina Marques?

Doralina é uma municipalista ferrenha defensora do SUS. Se formou em 1982 em enfermagem sanitarista e auditora. É funcionaria do Ministerio da Saúde. Recebeu em 2002, pelo município de Pedreiras, o titulo de melhor Secretária de Saúde do Maranhão. Altamente capacitada e experiente na gestão de saúde pública. Esteve durante os dois primeiros meses do Governo Zé Vieira como Secretária-Adjunta de Saúde. Assume a titularidade da Secretaria, com a importante missão de dar continuidade ao trabalho feito pela primeira-dama Patrícia Vieira e, atender as demandas da sociedade que precisa do Serviço Único de Saúde, prestado pela SEMUS.

FONTE: Assecom – Prefeitura de Bacabal

Como fazer uma Redação Nota 1000 em Concursos? Confira!


Resultado de imagem para Como fazer uma Redação Nota 1000 em Concursos?

Pista 1
Entenda a proposta de redação

“A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma culta da língua portuguesa sobre o tema xxxx apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.”

Vamos por partes
1. O que são textos motivadores?
É ajudinha que a banca oferece aos candidatos. São citações, parágrafos, gráficos, charges, quadrinhos que têm duas funções. Uma: avivar a memória da moçada. A outra: mandar pras cucuias a desculpa da falta de assunto. Eles fornecem informações que podem ser organizadas e aproveitadas na redação.

2. Pode-se copiar o texto ou parte do texto motivador?
Nãoooooooo. Xô, cópia! Mas você pode referi-lo na redação. Pode, também, aproveitar a ideia, mas exprimi-la de outro jeito. Lembre-se: a língua é um sistema de possibilidades. Escolha uma diferente da apresentada.

3. Quais são os “conhecimentos com base na sua formação”?
Todos. Ao longo da vida, nós conversamos com tanta gente, fizemos tantas viagens curtas ou longas, vimos tantos filmes, lemos tantos livros, tantos jornais, tantas revistas e tantas apostilas, navegamos tanto na internet, jogamos tantos games, assistimos a tantos programas de televisão, ouvimos tantas músicas, aprendemos tantas expressões, estivemos presentes em tantas aulas, respondemos a tantos desafios… Ufa! Temos experiência para dar, vender e emprestar. Todas são bem-vindas na hora de argumentar.

VEJA TAMBÉM: Redação Fácil

4. Que é “texto dissertativo-argumentativo”?
Trata-se de texto que defende um ponto de vista. O primeiro passo é ter o ponto de vista. Se o tema, por exemplo, for a descriminação da maconha, você precisa tomar posição. Pergunte-se com todas as letras: sou a favor ou contra a legalização da erva? Se sou a favor, tenho de dizer por quê. Se contra, também tenho de justificar.

Aí entram os textos motivadores. Eles não respondem à questão, mas dão pistas para a resposta. Entram, também, os conhecimentos acumulados ao longo da vida. Faça uma listinha deles. Depois, selecione os mais adequados ao objetivo que você quer alcançar. ( (Nas próximas colunas, vamos fazer o plano do texto).

5. O que se entende por norma culta da língua portuguesa?
Olho vivo! Muitos pensam que é língua difícil, que ninguém entende. Bobeiam. Norma culta é a que aprendemos na escola. Ela respeita concordâncias, regências, colocação de pronomes, pontuação. E por aí vai. Use as palavras do dia a dia. Deixe as gírias e as abreviações da internet pra lá. Escreva a língua que você lê em jornais, revistas, apostilas, livros.

6. Que é “proposta de intervenção que respeite os direitos humanos”? 
Ops! Convoque quem pode resolver ou ajudar a resolver o problema — a família, a polícia, a igreja, o governo, a Justiça, o Congresso, os meios de comunicação. Diga o que pode ser feito. Com um cuidado: respeite sempre os direitos humanos. Não peça que a família abandone os filhos, quea polícia espanque, que a Igreja excomungue, que o governo discrimine, que a escola deseduque, que os meios de comunicação preguem a violência contra este ou aquele grupo, esta ou aquela etnia.

Leitor pergunta
Depois de uma frase encerrada com dois-pontos, como saber se o início da frase seguinte pede inicial maiúscula ou minúscula?

Antonio David, BH

Olho no que vem depois dos dois-pontos:
1. Se for enumeração, letra minúscula: Na feira, comprei várias frutas: maçã, pera, uva, laranja, morango e ameixa.

2. Se for citação ou diálogo, letra maiúscula:

Fernando Pessoa escreveu: “Tudo vale a pena se a alma não é pequena”.

“Imagino Irene entrando no céu:
— Licença, meu Branco?

E São Pedro bonachão:
— Entra, Irene. Você não precisa pedir licença.” (Manuel Bandeira)
Por Dad Squarisi, Correio Web

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Centro Espírita Júlio Luz de Carvalho realiza Campanha "Cesta de Luz"


O centro espírita Júlio Luz de Carvalho realiza no período de Primeiro a 12 de abril, a Campanha "Cesta de Luz" uma ação do Departamento de Assistência Social daquela casa Espírita, trata-se da arrecadação e doação de pelos menos 70 cestas básicas. A iniciativa visa atender famílias em situação de vulnerabilidade social no período da Semana Santa, época em que as famílias carentes costumas receber ajudas de mantimentos.
A Campanha "Cesta de Luz" é uma idealização do Departamento do Assistência Social do Centro Espírita que realiza várias campanhas assistenciais durante ano, tais como doação de roupas, brinquedos, acessórias e alimentos.
Para os interessados em colaborar com a campanha doando uma cesta básica, as doações podem ser realizadas até o meio dia de 12 de abril no Centro Espírita Júlio Luz de Carvalho, localizado na VP 33 Quadra 50 Casa 2, também podem ligar para a presidência da casa (99) 98179 8292 que a instituição buscará sua doação.
As senhas que darão direito a receber uma cesta básica estão sendo distribuídas pelos trabalhadores da Casa  Espírita em diversos bairros carentes de Bacabal. A entrega das Cestas Básicas será feita dia 12 de abril às 17h00 na Sede do Centro Espírita no bairro Cohab III.

Espelhos das redações do Enem 2016 serão liberados nesta terça-feira


Resultado de imagem para enem

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 terão acesso aos espelhos da correção de suas redações a partir das 10h de amanhã (11), segundo informou hoje (10) o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os mais de 6 milhões de candidatos que fizeram o Enem no ano passado poderão consultar os espelhos na Página do Participante

No espelho, os candidatos terão acesso à correção e saberão quanto tiraram em cada uma das competências avaliadas. Além disso, poderão comparar seu desempenho com o dos demais. As provas recebem nota de 0 a 1.000. Desde o dia 18 de janeiro, os candidatos já têm acesso à nota na prova. Agora, para fins pedagógicos, terão acesso a mais detalhes da correção. Pelas regras do exame, o espelho serve apenas para que os estudantes possam saber como se saíram. Eles não poderão recorrer do resultado.

Os temas da redação do Enem no ano passado foram “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Bra

sil” - para quem fez o exame nos dias 5 e 6 de novembro -, e "Caminhos para combater o racismo no Brasil" - para quem fez a prova nos dias 3 e 4 de dezembro. Em 2016, devido à ocupação de escolas e universidades por grupos contrários a mudanças educacionais no Brasil, o Enem foi adiado para alguns participantes.

Segundo balanço divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), apenas 77 pessoas tiveram nota 1.000. Na outra ponta, 291.806 candidatos tiraram nota 0 ou tiveram a redação anulada no ano passado.

Redação

As redações são avaliadas por dois corretores independentes, que atribuem de 0 a 200 pontos para cada uma das cinco competências que estruturam o exame. A nota total de cada corretor é a soma das cinco competências avaliadas. Os candidatos são avaliados, entre outras questões, quanto ao domínio da escrita formal, elaboração da proposta em respeito aos direitos humanos, elaboração de proposta de intervenção para o problema abordado e defesa do ponto de vista.

Caso haja uma divergência entre as notas dos corretores em mais de 100 pontos na nota total, ou uma diferença de mais de 80 pontos em qualquer uma das competências, é feita mais uma correção, a terceira. Se a diferença persistir, o texto é encaminhado a uma banca especial, formada por três novos membros, que atribuirá a nota final. Nos casos em que não há discrepância, a nota final do participante é a média das notas dos dois primeiros corretores.
fonte: Mariana Tokarnia - Repórter da Agência Brasil

domingo, 9 de abril de 2017

Pesquisa com veneno de aranha pode gerar remédio para disfunção erétil


 ela se apoia sobre as pernas traseiras e ergue as dianteiras para dar o bote no possível agressor

A picada da aranha armadeira pode provocar, nos homens, o priapismo. Trata-se de uma ereção involuntária e dolorosa que, se não for tratada, pode levar à necrose do pênis em alguns casos. No laboratório, porém, cientistas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e da Fundação Ezequiel Dias (Funed) mostraram que o veneno desse aracnídeo pode ser manipulado em favor da saúde e levar a um novo medicamento para disfunção erétil, com algumas vantagens em relação aos já existentes no mercado. A biotecnologia desenvolvida já foi licenciada pela empresa Biozeus, que dará sequência ao projeto.

De origem sul-americana, a aranha armadeira é bem distribuída no sudeste brasileiro, tanto em áreas rurais como em áreas urbanas. Conhecida cientificamente como Phoneutria nigriventer, ela é também chamada popularmente de aranha-de-bananeira por ser constantemente encontrada em cachos de bananas. Seu veneno é extremamente potente e pode provocar a morte de pequenos mamíferos. A picada em humanos não é incomum.

Segundo dados preliminares do Ministério de Saúde, o país registrou no ano passado 171.576 acidentes com animais peçonhentos. A maioria dos casos estão relacionados com escorpiões. Foram 90.026 registros. Os episódios com aranhas vêm em segundo lugar e envolvem 28.799 notificações, das quais 14% se relacionavam com a aranha armadeira. A maioria dos acidentes ocorre quando a espécie se esconde entre entulhos ou busca abrigo nas residências, misturando-se às roupas e aos sapatos.

A pesquisa da UFMG e da Funed teve início há mais de dez anos, quando a molécula responsável pelo priapismo – a toxina PnTx(2-6) – foi isolada do restante das substâncias do veneno. Os primeiros estudos buscaram mostrar o processo pelo qual essa molécula levava à ereção. A toxina mostrou atividade nos canais para sódio, que são altamente distribuídos pelo organismo e presentes, por exemplo, no sistema nervoso e nos músculos do coração.

“Nós começamos a estudar qual a parte da toxina atuava nesses canais, para que pudéssemos removê-la. Ao final, dos 48 resíduos de aminoácido que compõem a toxina, nós selecionamos um grupo de 19 aminoácidos e eliminamos o resto. E a partir desse estudo, pudemos sintetizar o peptídeo PnPP 19. Aí, já não era mais a molécula do veneno. Era outra molécula produzida em laboratório”, explica a pesquisadora Maria Elena de Lima Perez Garcia, do departamento de química e neurologia da UFMG.

O peptídeo PnPP 19 foi testado em ratos, onde foi verificada a ereção sem os efeitos indesejados. “Para nossa surpresa, ele não mostrou toxicidade nenhuma nos animais. E também não foi imunogênico, isto é, o organismo não produziu anticorpos contra a substância. Observamos que não houve nenhuma outra alteração no tecido do pênis além da ereção. E também não houve ação nos canais para sódio no restante do organismo”, relata Maria Elena.

Medicamentos

Os testes com a nova molécula vêm sendo conduzidos pela pesquisadora Carolina Nunes Silva, que desenvolve seu doutorado em cima da pesquisa. Ela acredita que um medicamento com base no peptídeo, por ter um mecanismo diferente, poderia atender pacientes com contraindicação aos que hoje estão em circulação, como o Viagra ou o Cialis.

“O grande problema do Viagra é que ele não pode ser usado por pessoas que tem problemas cardiovasculares. E, pelo que vimos, um medicamento a partir do peptídeo não teria esse problema. Nós fizemos testes isolados nos corações dos ratos e também em canais pra sódio expressos exclusivamente no miocárdio e não foi observada nenhuma ação”, diz a pesquisadora. Ela avalia ainda que é possível imaginar medicamentos que combinem as duas drogas. “O efeito aditivo pode atender a pacientes que não sejam tão responsivos ao Viagra”, acrescenta.

Resultados mais recentes mostraram que o peptídeo estimulou a ereção em ratos com diabetes ou hipertensão, enfermidades que podem provocar a disfunção erétil. A molécula também não provocou alteração na pressão arterial dos roedores. Essa é uma boa notícia para muitas pessoas diabéticas e hipertensas com contraindicação ao Viagra ou ao Cialis, pois são medicamentos que podem amplificar a vasodilatação e levar a quedas acentuadas e perigosas da pressão arterial.

Um medicamento a partir do peptídeo PnPP 19 possivelmente não geraria esse efeito indesejado. “Os avanços da pesquisa nos animam. Quando começamos os estudos, era mais pela curiosidade em entender a farmacologia do veneno. Pela toxicidade da substância, não imaginava que íamos chegar a um medicamento e hoje estamos caminhando nessa direção. Confesso que foi praticamente um golpe de sorte, porque quando passamos a trabalhar com os 19 aminoácidos, a molécula deixou de ser tóxica e, ao mesmo tempo, continuou ativando a ereção sem nenhum efeito secundário. Tem uma dose de conhecimento, mas também uma dose de sorte”, diz Maria Elena.

Patente

A UFMG detém a patente da biotecnologia que desenvolveu o peptídeo PnPP 19. Em dezembro de 2016, foi feita a transferência de tecnologia para a Biozeus, que passou a ter os direitos de exploração da molécula. A empresa, que existe desde 2012, promove a articulação entre as instituições científicas e as indústrias farmacêuticas.

“Nós mapeamos estudos com potencial para gerar fármacos que atendam a uma necessidade médica global. E fazemos os ensaios que podem comprovar a viabilidade do produto. A indústria hoje busca minimizar riscos. Então, ela evita realizar as primeiras fases dos testes, que envolvem uma aposta financeira alta. Atualmente, ela prefere licenciar projetos mais desenvolvidos. Aí, entra a nossa empresa", explica Perla Borges, analista de projetos da Biozeus.

Alguns testes mais complexos e mais caros estão sendo realizados no exterior. Se as etapas ocorrerem dentro do esperado, o produto pode chegar ao mercado em 2023. Os ensaios pré-clínicos com animais levariam mais dois anos. Os testes clínicos com humanos demandariam aproximadamente quatro anos, parte deles desenvolvidos pela Biozeus e outra pela indústria que vier a se interessar pelo remédio.

A Biozeus está estudando a melhor formulação. Uma das possibilidades é o desenvolvimento de um medicamento para aplicação tópica, como pomada, gel, creme ou adesivo. Testes preliminares na UFMG mostraram que a aplicação do peptídeo na pele dos ratos provocou ereção. Um remédio com essas características, além de reduzir bastante os riscos de efeitos adversos, pode obter uma tramitação mais rápida nos órgãos de saúde.
FONTE:Léo Rodrigues – Correspondente da Agência Brasil

Concurso DETRAN MA 2017: Expectativa de edital para nível médio e superior com 170 vagas! Até R$5mil


Cresce a expectativa de abertura do concurso público do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Concurso DETRAN MA 2017). Acontece que de acordo com a Lei Orçamentária Estadual para o ano de 2017, já aprovada em dezembro do ano passado, está previsto a realização de concurso público para o Detran do Estado.
A realização de concurso público para o Departamento atende o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado com o Ministério Público no ano de 2015, que prevê substituir terceirizados irregulares em 3 anos, na proporção anual de um terço (2015, 2016, 2017), e, em troca, uma redução drástica da multa que havia sido aplicada ao órgão.

No território Brasileiro, os DETRANs são responsáveis pela avaliação da capacidade física, mental e psicológica dos candidatos à obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A avaliação é feita pelos serviços médicos e psicológicos existentes nos DETRANs (ou pelos seus credenciados).

Os DETRANs também são responsáveis pelo credenciamento de fabricantes de placas e tarjetas na jurisdição de cada estado. Para o credenciamento as empresas devem demonstrar capacidade jurídica e técnica, além de regularidade fiscal e idoneidade financeira para a produção das placas e tarjetas em conformidade com as normas do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) e do Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN).Outra responsabilidade dos DETRANs, em vários Estados, é o credenciamento de Despachante de Trânsito para a área de documentação de veículos.

No ano de 2015, por meio de convocação de excedentes de concursos realizado no ano de 2013, uma parte do acordo foi cumprido. Porém, a validade do concurso expirou no mesmo ano. Agora, com a aprovação da Lei Orçamentária Anual, os trâmites para realização de concurso será feito. De acordo com Fernando Oliveires, chefe da Assessoria de Planejamento do Detran, o “Detran tem reservado orçamento para realização do concurso. Agora é só esperar os trâmites administrativos dos órgãos governamentais responsáveis”, afirmou.
O Concurso

O Concurso do DETRAN MA 2017 deve ser divulgado para os cargos de Analista e Assistente de Trânsito, com requisito de nível superior e médio, respectivamente. As funções fazem parte do quadro permanente dos servidores do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão.

Como atribuição ao cargo, o assistente deve executar as tarefas de apoio técnico e administrativo, sob orientação superior direta, nas áreas de fiscalização, registro e licenciamento de veículos, habilitação e apoio à educação para o trânsito, com base no Código de Trânsito Brasileiro – CTB. Já o Analista terá que planejar, elaborar, propor e coordenar políticas básicas para o trânsito; supervisionar e coordenar serviços do DETRAN-MA; cumprir, fazer cumprir, divulgar e orientar a aplicação da legislação e demais normas de trânsito nas áreas de suas respectivas atuações, entre outras atividades.

Os salários oferecidos oscilam entre R$2.000,00 e R$5.000,00, por até 30 horas semanais.
Conteúdo

O cargo de Assistente é cobrada prova objetiva com questões de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Noções de Informática, Legislação de Trânsito e Legislação Institucional.

Já o cargo de Analista conta com as disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Noções de Direito Constitucional e Administrativo, Noções de Administração Pública, Legislação de Trânsito, Legislação Institucional e Engenharia de Tráfego.
O último Concurso

O último concurso do DETRAN MA aconteceu em 2013. Na época, foram oferecidas 160 vagas nos cargos de Assistente de Trânsito (120 vagas) e Analista de Trânsito (40). Sob organização da Fundação Getúlio Vargas (FGV), os inscritos foram avaliados por provas objetivas (todos) e discursivas (somente para analista).

A prova contou com 70 questões. Para ser considerado habilitado, o candidato teve que acertar no mínimo 16 questões do módulo Conhecimentos Básicos e 12 questões do módulo Conhecimentos Específicos e 35 questões do total de 70 questões da prova.
Links úteis

FONTE: NOTI CIAS CONCURSOS

sábado, 8 de abril de 2017

Violência contra jornalista Não é privilégio de Bacabal, no Brasil é “rotineira”

Segundo o acessado Blog do Sérgio Matias, dia 5 de maio O repórter e apresentador Ray Lima, da TV Nova Esperança (Record), foi vítima de quatro indivíduos, alguns com passagem pela polícia, que covardemente o agrediram com xingamentos, empurrões e um forte soco na cabeça.

O ato criminoso ocorreu quando o profissional de imprensa deixava o prédio do poder legislativo após fazer a cobertura jornalística da sessão. Ao titular do blog citado acima, Ray Lima relatou que as ameaças e agressões verbais começaram antes mesmo do início da sessão, quando o mesmo adentrou o prédio.

Os quatro indivíduos, conhecidos como 'Júnior Catingueiro', Nêgo Júnior, Antonio José e outro que a vítima desconhece o nome, fazem às vezes de segurança particular do vereador César Brito (PPS) que, coincidentemente, tem sido nas últimas semanas alvo de críticas de Ray Lima e de outros apresentadores.

É muito provável que as agressões sejam retaliação e uma forma de intimidar os demais.

Depois de receber o soco na cabeça Ray Lima chegou a perder os sentidos por alguns segundos e recebeu os primeiros socorros do vereador Dr. Lula, que também é médico .
O vereador César Brito negou que tenha envolvimento no caso e desconhece a motivação.Emitiu, inclusive através de sua assessoria  nota à imprensa, demonstrando sua consternação e repúdio pelo o ato de violência praticado contra o repórter Ray Lima, no início da noite desta quarta-feira (5).
violência contra jornalista sejam que nível for não ocorrem apenas em Bacabal, onde todos os profissionais da mídia precisam refletir qual o pape da imprensa na atual conjuntura política e social da cidade, do contrário caminhamos para caos da falta de ética da imprensa bacabalense.
Nada justifica a violência sofrida pelo apresentador Ray Lima, o Blog Diário Mearim repudia toda e qualquer forma de violência, principalmente sofrida por companheiros da imprensa.

A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) lançou no último sábado, 4, um relatório em que menciona casos de agressão e ameaças a jornalistas, vindos em grande parte da polícia.O que não é o caso de Bacabal, já que a imprensa local tem contribuído para o surgimento às vezes até de falsos heróis de farda.  A Entidade denuncia impunidade de crimes contra a imprensa. Os casos de violência contra esses profissionais no Brasil são “rotineiros”, segundo um relatório preliminar da SIP.

A Agência EFE acrescenta que, de acordo com o relatório, ataques a jornalistas são exercidos “em múltiplas formas” e provêm de diversos setores. Os casos mais frequentes incluem abusos físicos, ameaças, insultos intimidações e vandalismo.

“A violência é realizada em grande medida pela polícia, que deturpa suas funções e demonstra total falta de preparo para cumprir as suas atividades durante a cobertura de imprensa”, diz o relatório.

Uma pesquisa da Associação Nacional de Periódicos (ANJ) mostra no período analisado pela SIP – de outubro de 2016 até fevereiro último – 14 casos de agressões físicas, quatro de ameaças, dois de intimidação, três de vandalismo e cinco de ofensas.
Um exemplo de intolerância em relação à liberdade de imprensa mencionado no relatório é o ataque à sede da Rede Gazeta de Vitória, no Espírito Santo, na madrugada do dia 9 de fevereiro.

O prédio da empresa recebeu quatro tiros que não feriram ninguém, mas durante vários meses tanto a entidade como seus funcionários foram vítimas de “ameaças devido à cobertura da greve da polícia que paralisou o estado”.

A SIP denuncia a impunidade dos crimes contra jornalistas, apontando que a polícia é incapaz de investigar e denunciar os casos, e a Justiça, “lenta e ineficaz”.

Com sede em Miami, a SIP é uma entidade sem fins lucrativos dedicada à defesa e à promoção da liberdade de imprensa e de expressão nas Américas.
A imprensa Bacabalense pode não ser perfeita, muito menos 10% ética, imparcial ou  profissional, mas é o 4º Poder; a grande guardiã da liberdade de expressão e dos direitos fundamentais da comunidades, quem não gosta de ser criticado não serve para ocupar cargos públicos e quem não quer ser pessoa pulblica não serve para ser jornalista.
Com informações do Blog do Sérgio Matias

Tá Na Hora do Poeta - Receita - Nicolas Behr



Ingredientes:


2 conflitos de gerações
4 esperanças perdidas
3 litros de sangue fervido
5 sonhos eróticos
2 canções dos beatles


Modo de preparar


dissolva os sonhos eróticos
nos dois litros de sangue fervido
e deixe gelar seu coração


leve a mistura ao fogo
adicionando dois conflitos de gerações
às esperanças perdidas


corte tudo em pedacinhos
e repita com as canções dos beatles
o mesmo processo usado com os sonhos
eróticos mas desta vez deixe ferver um
pouco mais e mexa até dissolver


parte do sangue pode ser substituído
por suco de groselha
mas os resultados não serão os mesmos
sirva o poema simples ou com ilusões

A Carta do Movimento Negro para os que bateram palmas para Jair Bolsonaro


Resultado de imagem para A Carta do Movimento Negro para os que bateram palmas para Jair BolsonaroJair Bolsonaro não fez comentários depreciativos apenas contra negros e indígenas, mas também atacou mulheres, gays e refugiados. Aos que bateram palmas e riram, cúmplices do discurso de ódio, segue a carta do Movimento Negro Unificado


O Movimento Negro Unificado (MNU) reagiu às declarações do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) proferidas em palestra no Clube Hebraica, no Rio de Janeiro, no início da semana.

Ao anunciar pedido de abertura de inquérito criminal e de representação por quebra de decoro contra o “deputado racista” – termo utilizado na nota pelo grupo – o movimento fez um resgate histórico da perseguição aos judeus pelo regime nazista e estabeleceu uma analogia com a situação vivida pelos negros brasileiros, principais vítimas da miséria e da violência urbana no país.

A palestra para representantes da comunidade judaica no Rio, o pré-candidato à Presidência da República disparou contra negros, indígenas, mulheres, homossexuais e refugiados.

Sobre as mulheres, o deputado bradou: “Eu tenho cinco filhos. Foram quatro homens, a quinta eu dei uma fraquejada e veio uma mulher”.

Abaixo, leia a íntegra da nota do MNU:


“OS QUE BATERAM PALMAS E RIRAM…


Diante da veiculação de vídeos de uma palestra no Clube Hebraica Rio, nesta segunda (3), na qual em seu discurso, o deputado Bolsonaro falava das terras quilombolas quando afirmou que “o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada. Eu acho que nem para procriador ele serve mais”. Atacando ainda mulheres, gays e refugiados, e garantiu que não vai ter “um centímetro demarcado” para reservas indígenas ou quilombolas se eleito for presidente 2018. Numa total cumplicidade dos presentes este discurso de ódio foi muito aplaudido e ovacionado com gritos de apoio, sendo chamado de “mito” por parte da plateia.

O que denota total comprometimento deste Clube Hebraica, por convidar um racista, proporcionando o desagravo pela mobilização da comunidade judaica que levou ao cancelamento do mesmo evento com Bolsonaro na Hebraica de São Paulo.

O MOVIMENTO NEGRO UNIFICADO, tendo o dever de se posicionar contra discurso racista, recheado de intolerância e ódio e o apoio efusivo dado pela plateia, se vê obrigado de trazer a memória destes QUE BATERAM PALMAS E RIRAM. que :

Em 1935 foi promulgada uma lei pelo regime nazista que prescrevia que era “digno de punição qualquer crime definido como tal pelo ‘saudável sentimento’ popular”. Uma ética estava predominando na sociedade alemã que acolhia e fomentava a prática do genocídio de judeus, eslavos e outros povos “inferiores”, e que durante esse regime nefasto foram apagados os valores da democracia e da tolerância e o respeito absoluto a todas as minorias.


Seguindo as Leis de Nuremberg, os judeus perderam seus direitos de cidadania, de ocupar cargos públicos, de praticar determinadas profissões, de casar-se com alemães ou de fazer uso da educação pública. Suas propriedades e negócios foram confiscados.

Achamos que não é preciso relembrá-los do Shoá (holocausto judeu) e suas consequências, mas caso tenham apagado da memória, quando as tropas aliadas entraram no complexo Auschwitz encontraram cerca de 7.500 sobreviventes, 350 mil roupas de homens, 837 mil vestidos de mulher e 7,7 toneladas de cabelo humano, mais de 1,1 milhão de judeus mortos, isso em apenas 4 anos de funcionamento (tempo do mandato de um presidente)

OS QUE BATERAM PALMAS E RIRAM, apoiaram ideias iguais a estas que trouxemos à lembrança, apoiaram o discurso de ódio, que alimenta o genocídio da juventude negra, no Brasil todo ano, 23.100 jovens negros, de 15 a 29 anos, são mortos, um jovem a cada 23 minutos. As ruas funcionam como as câmaras de gás, promovendo o genocídio da população negra.

OS QUE BATERAM PALMAS E RIRAM, apoiaram a emergência do nazismo tupiniquim, do igualitarismo totalitário que vocifera: “Se você não é igual a mim, não tem direito a existir”. Que paradoxalmente prega a superioridade de um modo de ser sobre outros e termina nas tentativas de apagar pela força as diferenças de posição social e de estilos de vida.

OS QUE BATERAM PALMAS E RIRAM, apoiaram os atos de horror do coronel do Exército Carlos Alberto Brilhante Ustra, idolatrado pelo deputado racista, que levaram à morte do judeu Wladimir Herzog e de Iara Iavelberg.

OS QUE BATERAM PALMAS E RIRAM são cúmplices do discurso de ódio e racismo.
EXIGIMOS A RETRATAÇÃO PÚBLICA.

Sugerimos um debate sobre as condições que os judeus negros e judias negras estão vivendo no Estado de Israel. E como o racismo institucional tem afetado a vida destes irmãos e irmãs, em especial a juventude israelita de origem etíope.

Quanto ao autor do discurso de ódio e racismo, já estão sendo propostas ações judiciais que o MNU apoia integralmente, exigimos que a Câmara dos Deputados abra um processo disciplinar que onde deverá ser processado para a perda o mandato.

O MNU reafirma seu compromisso com a construção de uma sociedade mais justa e igualitária, racistas não passarão.”